Antigo Novo  Fotos Oficiais 

Desenvolvimento

Setor de construção civil destaca-se nas capacitações oferecidas pelo Governo Municipal

cursodepredeiro04 Medium

 

     O Governo Municipal, através da Central de Cursos da Secretaria de Desenvolvimento, tem oferecido variadas opções de capacitação mediante cursos regulares e gratuitos, ministrados em espaços próprios ou em parceria com entidades, escolas ou empresas. Este mês, entre vários cursos em andamento, dois se destacam: são os voltados para trabalhadores da construção civil, área que tem tido grande procura na Central de Cursos. A capacitação acontece no espaço Cenafer, no bairro Chácara Santo Antônio, região sul da cidade, com a participação do SENAI.

     Com duração de 160 horas, os dois cursos da construção civil em andamento são para pedreiro assentador e pedreiro revestidor. As aulas são ministradas em 2 períodos, à tarde e à noite, com 25 alunos por turma, e se estendem por 3 meses.  

     A secretaria de Desenvolvimento, por meio da Sala do Empreendedor e a Central de Cursos, informa que a relação de novos cursos, nas várias áreas atendidas pelos programas de capacitação, está disponível no site da Prefeitura www.franca.sp.gov.br, onde o interessado pode obter informações sobre cada um deles e realizar as inscrições.

     Outros cursos em andamento são de Doceiro, Auxiliar de Cozinha, Manicure/Pedicure, Auxiliar Administrativo, Cuidador Infantil e Cuidador de Idosos.

     Mais informações na Central de Cursos pelo telefone 3724-7417.

Empréstimos do Banco do Povo Paulista de Franca aquecem negócios na cidade

 

bancodopovo Medium

     Com mais de R$ 1,2 milhão de empréstimos realizados no primeiro semestre de 2017 para micro, pequenas e médias empresas, a unidade do Banco do Povo Paulista em Franca é destaque entre todas as cidades paulistas no ranking de atividades positivas do banco. Esse pode ser um indicador da veia empreendedora do povo francano e do aquecimento da economia na cidade.

     Órgão da Secretaria Estadual de Emprego e Trabalho do Governo do Estado de São Paulo para incentivo à produção e desenvolvimento de empresas, o Banco do Povo Paulista é vinculado à secretaria de Desenvolvimento da Prefeitura de Franca e está instalado na parte térrea do Paço Municipal.

     A instituição conta com 4 agentes de crédito, que cuidam de ações permanentes, internas e externas, de captação de clientes, orientação sobre gestão financeira e encaminhamento da documentação exigida, expedientes que precedem a liberação dos recursos.  Essas consultorias são fornecidas via Sala do Empreendedor, que organiza também cursos de capacitação, disponibilizados gratuitamente em parceria com o Sebrae.

     As condições dos empréstimos são diferenciadas e facilitadas, com juros cobrados à razão de 0,35% ao mês. Conforme ressalta o Diretor da Divisão de Indústria e Comércio da secretaria de Desenvolvimento Deyvid Alves da Silveira, taxas neste patamar não são encontradas no mercado em nenhuma instituição financeira – para conseguir os empréstimos, as empresas não podem ter restrições de crédito.

     Conforme o balanço de atividades, foram firmados até o momento, 175 contratos e autorizados empréstimos de R$ 1.209.393,00, para micro e pequenos empresários dos mais variados ramos.

     A unidade está localizada parte térrea da Prefeitura, na rua Frederico Moura, 1517, Cidade Nova, funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pelo telefone (16) 3711-9000, ramais 9608 ou 9615, ou diretamente nos fones 3711 9608 – 3711 9615. 

Franca caminha para se tornar “Município de Interesse Turístico”

 

FotoFranca02

     A Prefeitura de Franca está trabalhando junto ao Governo do Estado para se tornar um MIT (Município de Interesse Turístico), condição que dá a cidade acesso a verbas estaduais e federais do setor. O prefeito Gílson de Souza acompanha com muito interesse o tema e trata do assunto diretamente com o Governo Alckmin, através da Secretaria Estadual de Negócios e Turismo.

     Atualmente, o estado de São Paulo conta com 70 cidades consideradas Estâncias Turísticas – cidades com turismo consolidado e com acesso a verba do Fundo de Melhoria de Estâncias. Os MITs são o primeiro passo para a consolidação das cidades como futuras Estâncias Turísticas.

     Com a aprovação unânime pela Alesp – Assembleia Legislativa de São Paulo – da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 11/2013 em 2015, 140 municípios do estado poderão ser inclusos no programa. Já dentro do projeto de ampliação, no dia 31 de maio de 2017, o Governado Alckmin sancionou a lei que considera 20 novos municípios paulistas como MIT, entre eles constam as vizinhas cidades de Rifaina, Brodowski e Santo Antônio da Alegria.  

     Para participar, os municípios deverão preencher alguns critérios, entre eles: comprovação de potencial turístico, formação do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo), possuir serviço médico emergencial, infraestrutura básica, Plano Diretor de Turismo e expressivos atrativos turísticos. Os municípios classificados passarão a receber recursos na ordem de R$ 550 mil ao ano para investimento no setor.

     Em Franca, a Secretaria de Desenvolvimento trabalha intensivamente, buscando se adequar às exigências do programa. Segundo informações da Divisão de Turismo, os primeiros passos estão sendo dados, com o COMTUR em pleno funcionamento, pesquisa de demanda turística em andamento e sendo realizada pelo Instituto de Pesquisa da Uni-Facef e a contratação para breve, via licitação, de empresa de consultoria que auxiliará a elaborar o Plano Diretor de Turismo do Município.

     Franca é uma cidade importante no cenário regional, possui marcas fortes como Capital do Calçado, Capital do Basquete e Terra do Melhor Café. Segundo a Diretora de Turismo de Franca Rosana Branquinho, todas essas características são extremamente positivas para o objetivo da cidade e constam na análise do corpo técnico que avalia o potencial do município. “Estamos confiantes de que também seremos certificados, o mais tardar no início do próximo ano", avaliou a diretora.

 

Como funciona o MIT

Qualquer cidade pode requerer o título de MIT, desde que tenha aptidão para o setor e atenda algumas exigências previstas na Lei, como possuir meios de hospedagem no local ou na região, serviços de alimentação e serviço de informação turística. Também deve ter capacidade de atender a população fixa e flutuante, quanto ao abastecimento de água e coleta de resíduos sólidos.

Os municípios também devem ter o Conselho Municipal de Turismo criado por Lei especifica e aprovada pela Câmara dos Vereadores. Após a apresentação do projeto de lei, feita por meio de um deputado, a documentação da cidade é encaminhada para a Secretaria Estadual do Turismo.

A pasta e seus técnicos avaliam a validade da proposta. Se for aprovada, a Secretaria informa a Assembleia que pode votar o projeto. Aprovado o projeto, ele é encaminhado ao governador, que o sanciona como lei.

O turismo no Estado movimenta até 56 setores da economia. Gera um milhão de empregos diretos e dois milhões indiretos. São Paulo é único Estado com políticas públicas voltadas à atividade turística, tratado como vetor de desenvolvimento social e econômico. O modelo possibilita estar na vanguarda do turismo nacional.

Por isso, desenvolve uma política de fomento por meio da destinação de recursos do seu Tesouro, através do Fundo DADETUR (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos), para 70 municípios estâncias. Quase R$ 1,2 bilhão foi investido em 1.461 convênios para obras e ações de interesse turístico entre 2011 e 2016.

Fontes: http://www.turismo.sp.gov.br/publico/noticia.php?codigo=61 

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/alckmin-sanciona-20-municipios-turistico/

Cavalhadas de Franca acontecem em agosto

 

Cavalhadas de Franca 1 Medium

     As tradicionais Cavalhadas de Franca terão a sua próxima edição na primeira semana de agosto, entre os dias 5 e 6, tendo com local o recinto do Parque de Exposições Fernando Costa. Com organização a cargo do Clube das Cavalhadas de Franca, a promoção conta com o respaldo da Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento. A entrada é gratuita nos dois dias do evento.

     De acordo com os organizadores, no sábado 5, as atividades terão início às 19h30, com a Cerimônia dos Encamisados. No domingo 6, o evento começa à partir das 14h, com provas hipícas e outras disputas que fazem parte da programação. O presidente do Clube das Cavalhadas, Marcus Vinícius Palermo Faleiros, observou que a expectativa é grande em torno do evento e os protagonistas diretos, em torno de 70 cavaleiros e amazonas, vêm realizando ensaios pelo menos duas vezes por semana - na noite da quarta-feira 19, na Pista do Parque Fernando Costa haverá mais um ensaio.

     Contando as equipes de apoio, mais de 120 pessoas estarão envolvidas com o evento. A princesa escolhida para a edição das Cavalhadas é a jovem Sofia Lemos.

     Como é tradição nas Cavalhadas de Franca, o Parque Fernando Costa receberá cuidados especiais nas instalações e toda a representação teatral, nos dois dias do evento, terá narrativa através do serviço de som, para melhor compreensão do público presente.

     O que são as Cavalhadas

     Tratam-se de celebração portuguesa tradicional que teve origem nos torneios medievais, onde os aristocratas exibiam em espetáculos públicos a sua destreza e valentia, e frequentemente envolvia temas do período da Reconquista (expulsão dos Mouros da Península Ibérica). Era também um torneio que servia como exercício militar nos intervalos das guerras e onde nobres e guerreiros cultivavam a praxe da galantaria.

     Recriam os torneios medievais e as batalhas entre cristãos e mouros, algumas vezes com enredo baseado no livro Carlos Magno e Os Doze Pares da França, uma coletânea de histórias fantásticas sobre esse rei. No Brasil, registram-se desde o século XVII.

Piscicultura

Programa de Incentivo à Piscicultura

 

Objetivos:

     Difundir a piscicultura como atividade geradora de renda, introduzindo alevinos mais produtivos, bem como orientando os interessados sobre todos os procedimentos necessários para a produção comercial de peixes, especificamente Tilápia-do-Nilo.

Público Alvo

     Produtores rurais familiares do município.

Como Funciona

     Os profissionais da Secretaria de Desenvolvimento distribuem, gratuitamente, alevinos de Tilápia-do-Nilo, produzidos nos tanques-criatórios do Parque “Fernando Costa”. Na distribuição, cada interessado recebe, gratuitamente, uma cartilha básica sobre criação de peixes.
     Nos cursos de psicultura, os participantes receberão treinamento básico, que envolve: sistemas de criação, qualidade da água, manejo, planejamento da produção, instalações, reprodução, tanques-criatórios, tanques-redes e espécies mais indicadas.
       Para participação no programa, os interessados devem providenciar cadastramento na Secretaria de Desenvolvimento.

Eventos: distribuição de alevinos

INFORMAÇÕES

Av. Dr. Flávio Rocha, 500, Vila Exposição

Apicultura e Piscicultura
Tel: 3711-9483 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Prefeitura Municipal de Franca

Prefeitura de Franca: Trabalho e compromisso com você.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais