Idosos prosseguem sendo imunizados com a terceira dose e adolescentes de 12 anos iniciam vacinação

Vacinacao 
     A Secretaria de Saúde prossegue nesta sexta-feira, 10, com a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19, para as pessoas que tenham idade de 85 anos ou mais, que deverão observar o intervalo superior a 6 meses do recebimento da segunda dose. 
     As pessoas que estiverem aptas a receber a terceira dose, deverão apresentar o cartão para comprovação das duas doses, além de um documento de identidade com foto, na UBS Paulistano, das 07h30 às 12h e nas unidades do Horto e Guanabara, das 07h30 às 16h. O atendimento será prestado mediante a distribuição de senhas.
     Também nessas mesmas unidades e horários, será aplicada a segunda dose da vacina Coronavac/ Sinovac, de acordo com a data agendada no cartão para a complementação vacinal.  
 
 
Pessoas com 12 até 17 anos, sem comorbidades
 
     Nesta sexta-feira, 10, a Secretaria de Saúde inicia a imunização contra a Covid-19, para os adolescentes e jovens, na faixa etária de 12 a 17 anos, sem comorbidades e prossegue com a vacinação para pessoas, que têm comorbidades na mesma faixa etária, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) de 12 a 17 anos, além das pessoas que apresentam deficiência permanente, que tenham a mesma idade. 
     Os interessados poderão receber a primeira dose da vacina nas UBS Ângela Rosa, Aeroporto 1, Leporace e Santa Clara, além do Internacional Esporte Clube, das 07h30 às 16h. O atendimento será que será prestado mediante a distribuição de senhas e a quantidade de doses disponíveis, onde as pessoas deverão apresentar um documento de identidade com foto, o CPF e comprovantes de endereço e de comorbidades ou laudos médicos, originais e cópia. A Secretaria de Saúde reforça que todas as pessoas menores de idade deverão estar acompanhadas pelos pais ou um responsável legal. Caso não seja possível, deverão apresentar o Termo de Assentimento preenchido com assinatura do responsável, que pode ser acessado pelo link https://www.franca.sp.gov.br/administracao-municipal/administracao-direta/saude/vacinacao-covid-19 . 
     As comorbidades incluídas como prioritárias pelo Governo do Estado são: - Diabetes Mellitus; Pneumopatias crônicas graves; Hipertensão arterial; Insuficiência cardíaca; Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar; Cardiopatia hipertensiva; Síndromes coronarianas; Valvopatias; Miocardiopatias e pericardiopatias; Doenças da aorta, dos grandes vasos e fístolas arteriovenosas; Arritmias cardíacas com importância clínica e/ou cardiopatias associadas; Cardiopatias congênitas no adulto; Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; Doenças neurológicas crônicas (AVC hemorrágico e isquêmico, ataque isquêmico transitório, demência vascular, doenças neurológicas que impactem na função respiratória, indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares, doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular, deficiência neurológica grave); Doença renal crônica ou Síndrome Nefrótica; Imunossuprimidos (Portadores de HIV, doenças inflamatórias imunomediada em atividade e em uso  de Prednisona, com doses maiores de 10mg/dia ou em pulsoterapia; Indivíduos em uso de imunossupressores ou com deficiências primárias; Pacientes oncológicos que realizaram tratamento nos últimos 6 meses; Neoplasias hematológicas; Doença falciforme e Talassemia maior; Obesidade mórbida com IMC > 40, Cirrose Hepáticachild - PUGH A, B ou C, além de pessoas com deficiências permanentes graves, como limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escada; pacientes com grandes dificuldades ou incapacidades de ouvir ou enxergar, deficiência intelectual permanente, que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, frequentar a escola, brincar, entre outras. Devido ao critério de priorização da vacina, as pessoas que pertencem ao grupo de pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC (Programa de Benefício de Prestação Continuada), deverão comprovar o recebimento do auxílio.
     A relação das comorbidades e comprovantes que deverão ser apresentados poderá ser consultada pelo site da Prefeitura, no link https://www.franca.sp.gov.br/administracao-municipal/administracao-direta/saude/vacinacao-covid-19.
 
 
1ª e 2ª Doses - Gestantes e Puérperas, 18 anos ou mais -  Para as gestantes, em qualquer idade gestacional e puérperas (até 45 dias pós-parto), com idade de 18 anos ou mais, a aplicação da primeira e segunda doses (Coronavac) continuará nesta sexta-feira, na UBS Paulistano, no período das 13 às 16h. As interessadas deverão apresentar o original e cópias do cartão de Pré-Natal, receitas ou laudo médico para as gestantes. Já as puérperas deverão levar original e cópia da certidão de nascimento da criança, além de um documento de identidade com foto e o CPF, que são prioritários para todos os públicos.
 
2ª Dose - Astrazeneca -   A Secretaria de Saúde informa que para o recebimento da segunda dose, as pessoas deverão verificar a data agendada no cartão e, caso esteja no dia correto, deverão comparecer aos postos, apresentando o cartão para comprovar o recebimento da primeira dose e um documento de identidade com foto.  As pessoas que irão receber a segunda dose da Astrazeneca poderão comparecer nesta sexta-feira, nas UBS São Sebastião, Santa Terezinha, Paulista, Brasilândia e Progresso, das 07h30 às 16h. 
 
2ª Dose - Coronavac/ Sinovac -  Já para a Coronavac, o atendimento será prestado das 07h30 às 12h, na UBS Paulistano e 07h30 às 16h, nas UBS  Horto e Guanabara.
 
2ª Dose - Pfizer - A segunda dose da vacina Pfizer poderá ser recebida nesta quinta, UBS Planalto, 07h30 às 16h. 
 

Prefeitura Municipal de Franca

Prefeitura de Franca: Trabalho e compromisso com você.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais