Antigo Novo  Fotos Oficiais 

Saúde

Saúde realiza “Dia D” e segue com as ações de combate à dengue

 Acoes Dia D original

          Agentes de controle de vetores saíram às ruas nesta sexta-feira, 1º de março, para realizar o “Dia D” de combate ao mosquito transmissor da dengue. Bairros como o Jardim Barão, Parque Progresso, Cidade Nova, Jardim Pulicano, Vila Industrial, Jardins Luíza e Líbano receberam a visita dos servidores, que vistoriaram casas e estabelecimentos comerciais. A ação aconteceu simultaneamente no Estado de São Paulo.
      Para encerrar as atividades, o Jardim Dermínio vai receber o “fumacê”, a partir das 18h, a depender das condições climáticas.
      De acordo com Caio Carvalho, diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, ações programadas nas escolas, como palestras, vão começar na próxima semana. “É um passo importante também porque as crianças são agentes multiplicadores. Sem a ajuda da população, dificilmente conseguiremos acabar com o mosquito”, disse.
      No sábado, 2, os agentes de controle de vetores retornarão ao Jardim Luíza para vistoriar as casas e estabelecimentos comerciais, que não foram visitados durante a semana. E na terça-feira, 5, o bairro receberá o “fumacê”.
      Até esta sexta-feira, Franca registrou 890 casos da doença e uma morte.

Franca participa do “Dia D” de combate à dengue

 Dia D original

           No próximo dia 1º de março, a Secretaria de Saúde participa do Dia “D” de combate ao mosquito da dengue. Será uma grande mobilização contra o Aedes aegypti, durante todo o dia, que vai acontecer em todos os 645 municípios do Estado de São Paulo.
      Os agentes de controle de vetores estarão nas ruas, visitando casa a casa para identificar os criadouros do mosquito. É importante que os moradores permitam a entrada dos servidores para que a vistoria seja feita. Todos estarão uniformizados e com crachá de identificação.
      Além disso haverá, na tarde desta sexta-feira, mais uma aplicação do “fumacê” em bairros onde há um maior número de casos da doença.
      De acordo com Caio Carvalho, diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, ações programadas nas escolas, como palestras, vão começar na próxima semana. “É um passo importante também porque as crianças são agentes multiplicadores. Sem a ajuda da população, dificilmente conseguiremos acabar com o mosquito”, disse.
      Até esta terça-feira, Franca tinha registrado 800 casos da doença e uma morte.
Outras ações
      A Vila Santos Dumont e o Jardim Califórnia receberam o “fumacê” nesta terça-feira. Os bairros foram definidos, em decorrência do número de casos registrados.
      No sábado, 2, os agentes de controle de vetores retornarão ao Jardim Luíza para vistoriar as casas e estabelecimentos comerciais, que não foram visitados durante a semana. E na terça, 5, o bairro receberá o “fumacê”.

Vigilância prepara 2º Arrastão da Dengue para este sábado

 Dengue original

          Com o objetivo de diminuir a proliferação dos focos do mosquito transmissor da dengue na cidade, a Vigilância em Saúde fará neste sábado,  o 2º ‘Arrastão da Dengue’, a partir das 8h, nos bairros Brasilândia e Paulistano, ambos na Região Leste. Nesta área da cidade, foi identificada a maior concentração de larvas do mosquito Aedes aegypti, de acordo com a recente Avaliação de Densidade Larvária (ADL).
      A orientação é que os moradores destes bairros, coloquem dentro de sacos plásticos, materiais que estão sem utilidade e possam se tornar criadouros do mosquito, como garrafas pets, vidros, vasilhas, potes, entre outros.
      O resultado da ADL apontou que dos 4.190 imóveis visitados, em 56 locais foram encontradas larvas do mosquito, o que representa o índice de 1,34%. A maior incidência está nas Regiões Leste e Oeste do município.
      Nesta quinta-feira, a Prefeitura realiza por volta das 18h, o 'Fumacê' em parte dos bairros Vila Santos Dumont e Califórnia, ambos na Região Oeste.
      A Prefeitura conta com a colaboração e o apoio da população para o combate à doença. Cada morador precisa fazer sua parte e olhar dentro de casa as vasilhas, vasos de plantas, ralos, calhas para eliminar os criadouros da larva do mosquito.
      Segundo o Departamento de Vigilância em Saúde, foram confirmados 679 casos da doença até esta quinta-feira, 22 e o óbito de um homem de 44 anos.

Membros do Conselho Municipal de Saúde são empossados

 Membros Conselho Saude original

        Em cerimônia realizada no auditório da Secretaria de Saúde, na noite da última terça-feira, membros do Conselho Municipal de Saúde tomaram posse para o biênio 2024-2026.
      A secretária de Saúde, Waléria Mascarenhas, conduziu a cerimônia e parabenizou os 54 novos conselheiros, sendo 27 titulares e 27 suplentes, de 17 segmentos.
      Com caráter deliberativo, normativo, fiscalizador e consultivo, o Conselho de Saúde atua na formulação de estratégias e controle da execução da política municipal de saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), interagindo com os setores público e privado.
      O órgão é composto por representantes do governo municipal, prestadores de serviços, profissionais e gestores da saúde, membros dos trabalhadores da saúde eleitos em plenárias, conselhos gestores, representantes de usuários dos movimentos sociais, sindicais, portadores de deficiência, além de entidades de usuários das Regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro.
      Logo após a cerimônia de posse, foi realizada a reunião ordinária do conselho, em que ficou estabelecida a mesa diretora com os seguintes membros: Clóves Plácido Barbosa (presidente, representando Entidades de Idosos), Marivânia Gonçalves da Silva (vice-presidente, Trabalhadores na Saúde), Hezilmara Aparecida de Menezes Mendonça (1ª secretária, Trabalhadores na Saúde) e Kaylla Aparecida Pires Benedito (2ª secretária, representando as Entidades de Portadores de Deficiência).

Saúde registra mais de 100 mil atendimentos nas urgências em 50 dias

 Fachada Alvaro Azzuz original

          A rede municipal de Saúde realizou do dia 1º de janeiro a 19 de fevereiro deste ano, 105.780 atendimentos nas unidades de urgência e emergência. O número representa 12% do total de atendimentos contabilizados em todo o ano de 2023, quando a Secretaria de Saúde prestou o total de 876.057 nas quatro unidades de urgência e emergência (Prontos-Socorros Adulto e Infantil e nas UPAS (Unidades de Pronto-Atendimento) dos Jardim Aeroporto e Anita.
      Somente no Pronto-Socorro Adulto “Dr. Álvaro Azzuz”, foram registrados 46.870 atendimentos nos 50 dias de 2024. Em janeiro, a média de atendimento diário foi de 2.234 pessoas. Em fevereiro, este número saltou para 2.496 procedimentos.
      Até o dia 19, deste mês, foram realizados 25.952 atendimentos na UPA do Jardim Aeroporto e 20.608 na unidade do Anita. A outra parcela é de crianças, que receberam atendimento no PS Infantil “Dr Magid Bachur Filho”, com 12.314.
      De acordo com a secretária de Saúde, Waléria Mascarenhas, esse aumento se deve à procura dos pacientes com sintomas de dengue, uma vez que os casos aumentaram desde o início do ano em todo o país. “Esse aumento indica também que cada vez mais, a população tem recorrido às unidades públicas de saúde para consultas e exames. Por conta da pandemia da COVID-19, muitas pessoas migraram dos planos particulares para o Sistema Único de Saúde (SUS), o que acabou refletindo diretamente nos atendimentos nos serviços públicos”, disse.
      Durante a semana, a segunda-feira continua sendo o dia em que as pessoas mais procuram atendimento médico, seja nos prontos-socorros ou nas unidades de pronto-atendimento.
      Waléria orienta que a população utilize a Atenção Primária, ou seja, as Unidades Básicas de Saúde, onde é possível fazer consultas médicas e check-ups, que auxiliam na prevenção de doenças. “Quando o paciente procura essas unidades com sintomas de doenças sem caráter de emergência, sobrecarrega o sistema”, explicou.
      Como houve um aumento nos atendimentos nas últimas semanas justamente por conta de pacientes com sintomas de dengue, cabe ressaltar que nas unidades de urgência e emergência, a Classificação de Risco é que determina o tempo limite para que o atendimento seja prestado. Após passar por uma triagem, o paciente com sintomas mais graves tem prioridade.

Prefeitura Municipal de Franca

Prefeitura de Franca: Trabalho e compromisso com você.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais