Franca pleiteia no Estado mais recursos para Farmácia de Alto Custo

reuniao2
Na oportunidade o prefeito expôs as agruras que a população da cidade enfrenta com a constante falta de medicamentos, cujo fornecimento é de responsabilidade do Estado, exigindo a frequente participação da Prefeitura em situações das mais adversas

     O prefeito Gilson de Souza junto com o secretário municipal de Saúde, Rodolfo Moraes Silva, viajaram na terça-feira para São Paulo, mais o promotor de Justiça Eduardo Tostes e representantes da Defensoria Pública, para pedir o aumento recursos para a Farmácia de Alto Custo. Essa unidade é do Estado e de sua responsabilidade a distribuição da medicação. O encontro ocorreu na secretaria de Estadual de Saúde, a quem a DRS-18 é vinculada, com a coordenadoria de Assuntos Farmacêuticos e seus representantes e teve duração de 3 h.

     Na oportunidade o prefeito expôs as agruras que a população da cidade enfrenta com a constante falta de medicamentos, cujo fornecimento é de responsabilidade do Estado, exigindo a frequente participação da Prefeitura em situações das mais adversas. E muitas vezes se vendo obrigada, por força de determinações judiciais, a fazer a aquisição de determinados medicamentos de alto custo sem contar com recursos no orçamento.

     Durante o encontro o secretário de Saúde apresentou dados estatísticos da demanda de pacientes à espera de medicamentos e os constantes problemas acarretados por conta dessa instabilidade. As presenças do Promotor de Justiça e Defensoria Pública, observou o secretário de Saúde, fortalecem a reivindicação formalizada pela cidade, pois enquanto representantes da sociedade, cumprem os seus papeis e convivem diariamente com esses conflitos envolvendo pessoas doentes, fazendo os pedidos e sem perspectivas de atendimento.

Os resultados

     Segundo o secretário municipal de Saúde, a partir do trabalho de uma Comissão de Saúde, composta em 2017 por membros do MP, Saúde Municipal e do Estado, Franca conseguiu reduzir em 40% o número de ações judiciais, para compra de medicamentos. Isso em relação a 2016. Isso coloca a cidade como referência no Estado e outros locais estão pedindo subsídios para adoção desse modelo, revelou o secretário Rodolfo Morais.

     O prefeito e ele solicitaram, junto com Adriana Ruzzene, diretora da DRS e demais presentes, a diretora de Assuntos Farmacêutico, Dra. Paula Sue, um esforço pessoal para aumentar esses repasses. Tanto de recursos financeiros como de medicamentos, do contrário não será possível conter a onda de judicializações, o que ocorre em razão carência da medicação. Ela se comprometeu a levar o assunto aos seus superiores imediatos, reconhecendo a necessidade desse ajuste e sinalizando positivamente com a reivindicação de Franca.

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais

 

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco