Campanha Pipas sem Mortes começa nas escolas

DSC 6578
O trabalho tem cunho educativo e preventivo, pois alerta as crianças dos 4º e 5º anos sobre os riscos de soltarem pipas próximos de fiação elétrica e ainda com a utilização do cerol

     Teve início nesta quarta-feira com duas palestras, uma na Escola do Parque do Horto e outra no Jardim Vera Cruz, a Campanha Pipas sem Mortes, uma parceria da Prefeitura e suas equipes da secretaria da Educação (núcleo de Educação Física Escolar) e a Polícia Militar, com seu pessoal de trânsito e também da Guarda Municipal. O trabalho tem cunho educativo e preventivo, pois alerta as crianças dos 4º e 5º anos sobre os riscos de soltarem pipas próximos de fiação elétrica e ainda com a utilização do cerol.

     Na unidade de ensino ‘Florestan Fernandes’, no bairro Vera Cruz, a diretora Olga Cristina Barbosa Gilberti Nascimento recebeu os coordenadores da Campanha, pela Prefeitura a professora Lígia Benate, pela Polícia Militar o subtenente Passeti e soldado Murilo, o coordenador de Segurança Dirceu Cortez e os guardas civis Pimenta e Ribeiro. A conversa com as 4 turmas de estudantes e seus professores, teve início com orientações gerais também em relação ao trânsito, com a colocação na entrada da sala de uma faixa de pedestres personalizada, criada pela designer e servidora Marta Rossignoli, que estará sendo usada em todas as palestras.

     Depois da apresentação do palestrante e equipe de apoio, feita pela diretora Olga Cristina, o soldado Murilo em tom de brincadeira falou de uma cartilha com talões de multa que está sendo confeccionada e que será distribuída aos estudantes que serão os guardas mirins. Como poderão ‘autuar’? De maneira simples: andando com os pais, tios, avós e parentes em geral, notando qualquer desobediência a sinalização, avanço do sinal, fala ao celular, vão tirar um talão, anotar a infração e entregar ao responsável, advertindo-o e cobrando a contrapartida que vai ficar a critério de cada um. Um brinquedo, um livro, um celular, um radinho de pilha, uma viagem. Será uma maneira alertar e ajudar na conscientização da responsabilidade que cada um tem quando na direção do veículo.

     No Jardim Luiza, na Escola Mitermayr Barbosa, com este mesmo espírito de orientar sobre brincadeiras com pipas, um professor teve a iniciativa de organizar um torneio no pátio com os alunos. Além da distância da fiação, a regra principal era a proibição do uso de cerol, pois pode gerar consequências fatais.

Campanha durante o mês

     Essas ações terão continuidade diariamente até o final do mês, conforme preconiza a Lei 6383, que regula a Campanha Pipas sem Mortes, que tem o objetivo de alertar e educar as crianças e tê-las como multiplicadoras dessas informações. Cerca de 4,5 mil jovens das escolas municipais deverão ser abrangidos com as orientações, lembrando o respeito as leis do trânsito, de parar e dar preferência ao pedestre nas faixas de travessia.

     Nesta quinta-feira também pela manhã, 8h15 e 10h15, estarão sendo proferidas palestras nas Escolas ‘Aldo Prata’ e ‘Dr. Valeriano Gomes do Nascimento’, ambas no bairro City Petrópolis. No dia seguinte, sexta-feira as equipes responsáveis pela campanha estarão na Escola ‘Rubens Zumstein’, no Jardim Piratininga.

     Mais informações, tel. 3711-9374.

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais

 

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco