Vigilância amplia ações e programa mutirão contra dengue no sábado

denguecentro

A Vigilância Sanitária reforçou ainda mais o trabalho nos últimos dias e observou a partir de diversos registros, feitos com imagens de drones, que têm muitas pessoas indiferentes à gravidade da situação. 

      Com os números de casos suspeitos em crescimento, beirando a casa de 2 mil na cidade nesse um mês e meio de 2019, a Vigilância Sanitária reforçou ainda mais o trabalho nos últimos dias e observou a partir de diversos registros, feitos com imagens de drones, que têm muitas pessoas indiferentes à gravidade da situação. O secretário de Saúde, José Conrado Dias Netto, segue com suas equipes reiterando os pedidos aos moradores para que reservem 10 a 15 minutos por semana e façam a limpeza nos quintais, nas calhas, caixas de água, enfim, eliminem todo tipo de ambiente que possa armazenar água.

    Nas abordagens feitas de casa em casa, nos estabelecimentos comerciais, repartições especiais como escolas, a tônica tem sido a mesma: entrega de folhetos com explicações didáticas sobre como eliminar o mosquito, os sintomas da doença, onde procurar assistência em situação suspeita (as UBS são a porta de entrada e mantém equipes habilitadas para o atendimento diário, das 7 às 17 horas), entre outras medidas. E quem perceber algum local com suspeita de água parada ou piscina abandonada pode e deve acionar a Vigilância pelo telefone 3711-9408.

    Nesses dois últimos dias foram feitas intervenções nas regiões Leste, envolvendo setores dos Jardins Brasilândia e Paulistano, nas regiões mais baixas, no centro da cidade e na região Oeste, da Vila São Sebastião ao Jardim Dermínio e bairro São Joaquim. No interior e arredores da antiga Escola ‘Nadeide de Lourdes Scarabucci”  os agentes de vetores fizeram um trabalho especial, retirando materiais e eliminando objetos com água parada.  Nessas medidas de controle dos de criadouros, além das equipes da Prefeitura, é preciso contar com a colaboração dos moradores.

    Nos flagrantes feitos com os drones em locais da área central e nas demais regiões visitadas pelas equipes, a constatação é que existem muitas caixas de água sem tampa, calhas obstruídas e outros materiais que acabam armazenando água. Para este sábado uma grande operação será deflagrada, num esforço regional para reverter esse gráfico ascendente de registros dos últimos dias. Os números parciais de quarta-feira à tarde apontavam para 1.869 casos suspeitos, dos quais 78 autóctones, 7 importados e 15 negativos.

 

 

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais