Prefeitura dobra média de eletivas e anuncia novo mutirão de cirurgias

coletivasaude08
Nesta etapa, 770 pessoas vão ser atendidas e farão o procedimento cirúrgico até dezembro deste ano

     Na manhã desta segunda-feira, 22, o prefeito Gilson de Souza anunciou um novo mutirão de eletivas em parceria com os Governos Federal e Estadual. Nesta etapa, 770 pessoas vão ser atendidas e farão o procedimento cirúrgico até dezembro deste ano.

     As cirurgias abrangem as áreas de ginecologia, ortopedia, oftalmologia, cirurgia geral, urologia e pediatria.  Serão investidos R$ 850 mil para atender os pacientes neste mutirão que será feito na Santa Casa de Franca, de Pedregulho e de Patrocínio Paulista.

     A Prefeitura tem se empenhado para atender a demanda de pacientes na fila. No início do atual governo, em 2017, existiam em torno de 13,5 mil pessoas à espera de uma cirurgia eletiva. Hoje, são 11,2 mil pacientes. “Conseguimos reduzir 20% da fila em menos de dois anos de governo e estamos nos esforçando para fazer o máximo de procedimentos possível. É um eixo preocupante porque todo mês cerca de 450 novos pacientes entram na fila das eletivas, mas estamos com ações para atender a população e com qualidade”, afirmou o prefeito Gilson de Souza.

     Os 770 pacientes que serão atendidos no mutirão já foram comunicados e passam pelos exames pré-operatórios. No fim de semana, a Secretaria de Saúde e DRS (Departamento Regional de Saúde) promoveram plantões para agilizar os encaminhamentos e atender todos os usuários até o fim deste ano. “Ligamos para os pacientes para eles irem neste sábado e eles foram pegos de surpresa, já que estavam há muitos anos esperando. Muitos fizeram eletrocardiograma no dia, saíram de lá com os pedidos de exames de sangue e consulta com o cardiologista já agendados”, disse o secretário de Saúde, Rodolfo Moraes.

     A faxineira aposentada Ana Amélia de Paula, moradora de Franca, é uma dessas pacientes.  Ela sofre de problemas com varizes e precisa operar as pernas para aliviar as dores e inchaço que sente. “Faz cinco anos que estou aguardando. É ruim porque sinto as pernas queimarem e nem consigo ficar muito tempo em pé, porque dói. Foi um alívio ser finalmente chamada para fazer a cirurgia”, disse ela.

    O diretor do DRS, Kamel Charaneck, e os vereadores Corrêa Neves Júnior e Pastor Otávio, além da imprensa, prestigiaram o anúncio realizado em coletiva no gabinete. “Se o governo continuar nesta linha, nós vamos ter quase 60% de redução desta fila que tanto preocupa e dificulta a vida das pessoas. Estou muito feliz em saber que mais 770 pessoas finalmente poderão realizar essas cirurgias e viver com mais qualidade de vida e sem desconforto e dores”, afirmou o prefeito.

    No encontro também foi anunciada a inauguração da UBS do Santa Clara, agendada para o dia 26, próxima sexta-feira, com atendimento já previsto para começar na segunda-feira, 29.

     A Unidade básica de saúde do Santa Clara, que deveria ser entregue há três anos, contou com cerca de R$ 2 milhões de recursos municipais e do Ministério da Saúde. Inicialmente serão atendidas 2 mil pessoas por mês, mas a média aumentará para até 4 mil, com clínico geral, pediatra, assistente social, psicólogo, dentista e equipe de enfermagem. Os atendimentos serão agendados e o horário de funcionamento será das 7h às 17h, de segunda a sexta.

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais

 

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco