Prefeitura implanta Onda Verde nas avenidas Major Nicácio e Presidente Vargas

      A Prefeitura acaba de colocar em funcionamento o sistema Onda Verde em duas das principais avenidas da cidade, Presidente Vargas e Major Nicácio, conforme informa a Secretaria de Segurança e Cidadania, através de seu Departamento de Trânsito. É um sistema que está possibilitando uma fluidez mais rápida do tráfego, pois dispõe de recursos que permitem a coordenação semafórica que recebe a indicação luminosa verde numa sequência coordenada de um equipamento para outro a partir do controle em uma determinada rede.

    Os testes iniciais foram feitos nesse meio de semana, de forma discreta e estão sendo observados pelos técnicos, mas com funcionamento está a contento, revelou o secretário da Pasta, Márcio Antônio dos Santos, ressaltando que atende a uma determinação dada pelo prefeito Gilson de Souza. Segundo ele após a colocação, ainda em fase experimental, dos dois semáforos com temporizadores, um perto do Parque “Fernando Costa” e outro na Avenida de ligação com o Leporace, o prefeito pediu que fosse abreviado o sistema da Onda Verde.

   Com os semáforos sintonizados nessa ‘Onda’, o condutor com a velocidade variando entre 50 a 60 km/h, tanto na Presidente Vargas como na Major Nicácio, encontrará as indicações luminosas no verde de forma concatenadas, eliminando aquelas interrupções. Isso vai minimizar o atraso e o número de paradas das correntes de trânsito. A proposta da Prefeitura é expandir esse sistema gradativamente para outras vias de grande fluxo, lembrando o secretário que nesses locais o tráfego na Avenida tem prioridade.

 

 

 

Cerest realiza capacitação sobre risco com eletricidade

     A Prefeitura por intermédio do Cerest (Centro de Referência Especializado em Saúde do Trabalhador), promove nesta quarta-feira, 27, o chamado dia ‘D’ de orientação e esclarecimentos sobre os riscos que representa a rede elétrica. No começo do mês houve uma capacitação com o tema da Campanha ‘Eletricidade Mata’ com a participação de agentes do Cerest e Vigilância, num trabalho em conjunto com o Ministério Público do Trabalho. O foco principal agora é orientar os trabalhadores e prevenir dos acidentes envolvendo energia elétrica.

     As equipes do Cerest e Vigilância Sanitária visitarão neste dia, quarta-feira, empresas que atuam no ramo da Construção Civil, com o objetivo principal de promover a campanha de prevenção contra acidentes de trabalho nas proximidades da rede elétrica, capacitando e formando multiplicadores, importante dos equipamentos de proteção, entre outros cuidados.

    Os profissionais do Cerest e das Vigilâncias passaram por uma preparação coordenada por técnico da CPFL Paulista, no último dia 6, no auditório da Secretaria Municipal da Saúde. A partir de então o tema vêm sendo abordado em todas as palestras e ações realizadas pela equipe.

A Campanha

     Provocada também pelo Ministério Público do Trabalho, a Campanha #EletricidadeMata surgiu da observação do grande número de acidentes de trabalho, alguns graves e fatais ocorridos com pedreiros, pintores, eletricistas, calheiros, profissionais de telecomunicações, jardineiros, entre outros. São os profissionais mais vulneráveis que têm sofrido choque por desenvolverem atividades de trabalho na proximidade da rede elétrica, muitas vezes por não atentarem a alguns cuidados básicos.

33ª Degustação Literária acontece nesta sexta-feira

      A Biblioteca Municipal “Dr. Américo Maciel de Castro Júnior” promoverá nesta sexta-feira, 8, a 33ª edição do Projeto de Leitura “Degustação Literária”. O escritor escolhido para ser homenageado foi Paulo Mendes Campos. O evento terá início às 17h30 e acontecerá nas dependências da Biblioteca, que fica dentro do Colégio Champagnat na Av. Champagnat, 1.808, no Centro.

     O acesso ao evento é gratuito e é voltado para os admiradores da literatura, com objetivo de promover a reflexão e entendimento das obras. Os interessados devem fazer a reserva presença pelo telefone: 3711-9323.

    Esse evento terá como mediadora a escritora e psicanalista Maria Luiza Salomão, que promoverá a leitura e apresentação dos livros escritos por Paulo Mendes. Terá também a parte musical, que ficará por conta do músico violeiro Reinaldo Honório Toledo. Além disso, terá sorteios de livros literários para o público presente.

Sobre o autor

    Paulo Mendes Campos foi um escritor, poeta e jornalista brasileiro. Suas obras foram destacadas pela simplicidade em que tratou temas como o mar, a vida carioca, conversas de bar e futebol. O autor escreveu suas primeiras crônicas no Diário Carioca e manteve por longos anos uma coluna semanal na revista Manchete. Ele foi vencedor do Prêmio Alphonsus de Guimaraens, do Instituto Nacional do Livro, na qualidade de melhor livro de poesia de 1958, com seu livro “O Domingo Azul do Mar”, seu grande sucesso.

Campanha ‘Pipas sem Mortes’ vai colorir céu no Parque ‘Fernando Costa’

      Caminhando para a sua etapa final, a Campanha ‘Pipas sem Mortes’, desenvolvida pela Prefeitura de Franca em conjunto com a Polícia Militar promete uma tarde das mais coloridas no início da próxima semana, quando certa de 60 alunos do Jardim Luiza serão levados ao Parque ‘Fernando Costa’ para uma soltura coletiva e monitorada de pipas. Isso deve ocorrer a partir das 14 horas na parte dos fundos do Parque, onde geralmente acontecem os shows artísticos e eventos da Prefeitura e terá a coordenação do professor Márcio Centeno, da Escola Mitermair Barbosa, juntamente com os policiais militares que orientam e realizam as palestras e equipes da Secretaria da Educação.

     “Esse projeto objetiva salvar vidas e evitar acidentes nas redes de energia elétrica e principalmente, com o uso indevido de linhas cortantes”, disse Lígia Benate, uma das coordenadoras do trabalho junto com a PM, representando a Prefeitura. A Campanha começou no início de agosto com palestras na Escola ‘Valeriano Gomes do Nascimento’, o Caic do bairro City Petrópolis e já esteve praticamente em todas as regiões, da Vila São Sebastião aos Jardins Aeroporto, Brasilândia e adjacências.

    No começo da próxima segunda-feira, 26, serão realizadas palestras em dois períodos na Escola ‘Sueli Contini’, do Jardim Tropical; na terça-feira, 27, será nas Escolas Olívia Correia e Aldo Prata, respectivamente no Jardim Paineiras e bairro City Petrópolis. Já na quarta-feira, 28, a palestra será na Escola Mitermair Alves Barbosa’, do jardim Luiza. Em comum acordo com a direção da escola e os agentes multiplicadores dessas orientações sobre soltar pipas com segurança, o professor Centeno combinou com os estudantes. Foi solicitado um ônibus e o grupo será levado às 14 horas para uma aula prática e descentralizada para colorir o céu sobre o Parque ‘Fernando Costa’.

   A campanha das pipas segue até o dia 3 de setembro, com encerramento na Escola Nelson Damascenno, no Jardim Bonsucesso, região Oeste de Franca.

Subcategorias

A Gestão Educacional tem como objetivo, gerir a dinâmica do sistema de ensino e aprendizagem como um todo e a coordenação das escolas

afinada com as diretrizes e política educacionais públicas.Refletir pontos questionáveis, desafios e resultados relativos às frentes de trabalho

da Gestão Educacional visando tomada de decisões;

Analisar o cenário educacional, prever necessidades com vistas a implementação de novas diretrizes;

Monitorar e documentar os avanços educacionais rumo aos objetivos traçados e às metas estabelecidas pela Administração Pública.

Orientar e acompanhar cada equipe de trabalho para que as frentes de atuação estejam concentradas na aprendizagem dos alunos.

Atender as escolas em suas demandas visando oferecer à equipe escolar melhores condições de trabalho.

Subsidiar o trabalho pedagógico das escolas em seus aspectos teóricos e práticos por meio de formação continuada e assessoria aos profissionais da educação.

Promover ações que levem  à   melhoria   constante   da   qualidade  da  educação  e consequente avanço dos resultados/indicadores (IDEB, SARESP. ANA, Provinha Brasil)

Promover  o  desenvolvimento  humano na perspectiva da educação integral para todos, mediante a articulação entre Currículo, Programas e Projetos;

Fomentar o desenvolvimento cultural atendendo as demandas da sociedade por meio do Arquivo Histórico e das Bibliotecas Municipais .

 

O Centro de Formação Continuada da Rede Municipal de Franca tem como objetivo  subsidiar o trabalho pedagógico

das escolas em seus aspectos teóricos e práticos, por meio da formação continuada e assessorias aos profissionais da educação.

Assessorar a Administração Pública Municipal na gestão educacional centrada na busca pela qualidade da educação.

A Divisão de Cadastro e Tecnologia Educacional tem como objetivo promover a inserção de tecnologias da informação e comunicação TIC nas escolas da rede municipal, visando:

Promover a inclusão digital dos professores e gestores escolares das escolas municipais e comunidade escolar em geral; Dinamizar e qualificar os processos de ensino e de aprendizagem com vistas à melhoria da qualidade da Educação .

Através dos Serviços de Apoio Administrativo, Planejamento Orçamentário é realizado as atividades de expediente, despachos, escrituração, tramitação de processos, controle de convênios, aquisição de materiais e serviços que são utilizados por toda a estrutura da Secretaria, inclusive de por todas as Unidades Escolares.

A Alfabetização de Jovens e Adultos tem por meta, o compromisso com a “Educação  de  Qualidade”  que  possibilite aos  cidadãos,  educandos, as aprendizagens fundamentais quanto à capacidade de aprender a conhecer, aprender a viver juntos, conviver, aprender a fazer e aprender a ser.

Para tanto é necessário que a escola esteja comprometida com as garantias básicas do aprendizado escolar, ou seja, voltado intencionalmente para o desenvolvimento da competência e o domínio da Leitura, da escrita e do cálculo.

A Biblioteca Pública Municipal de Franca foi fundada em 08 de junho de 1884, com acervo inicial de 800 volumes. Denominada Biblioteca Pública Municipal “Dr. Américo Maciel de Castro Junior” através da Lei nº 845 de 30 de novembro de 1959, pelo então prefeito Abílio de Andrade Nogueira.

Para atender ao crescente número de consultas à Biblioteca Central, foi inaugurada em 25 de novembro de 1993 a Biblioteca Sucursal da Estação “Olegário Ferreira”, um marco cultural em comemoração ao aniversário da cidade, comemorado em 28 de novembro.

 
A busca pela qualificação profissional e a inserção no mercado de trabalho tem motivado um número cada vez maior de pessoas a iniciarem a graduação nas universidades públicas e particulares.

O número ainda insuficiente de vagas nas universidades públicas do país faz com que parcela significativa da população só realize seus objetivos quando inseridos nas instituições particulares de ensino.

O alto investimento necessário para permanência em tais instituições só tem sido possível pela inserção de programas de bolsa estudo.

O município de Franca que há muitos anos mantém programas desta natureza em 2010 instituiu o Programa Bolsa Universidade devidamente regulamentado pela lei de nº 148.

Para sua realização conta com a adesão das instituições de ensino superior do município e neste ano atendeu 294 estudantes.

OBJETIVO: Contribuir para a formação universitária de estudantes de faculdades particulares que não dispõem de recursos financeiros suficientes para o pagamento das mensalidades.

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais