Franca sedia Ciclo de Estudos e Cultura sábado

     A Casa da Cultura e do Artista Francano ‘Abdias do Nascimento’ será palco no próximo sábado, do Ciclo de Estudos sobre Cultura Tradicional e Contemporaneidade, em evento conjunto com o Governo do Estado, através da secretaria da Cultura. Com 40 vagas disponíveis aos interessados, a participação é gratuita e os contatos devem ser feitos até essa quinta-feira, dia 7, já que no dia seguinte é feriado municipal.

     As atividades serão iniciadas pela manhã, com realização de oficinas e depois culminarão com um show a partir das 20 h na Concha Acústica. Entre as temáticas constam a preservação, renovação e expansão de novas conexões entre pensadores e fazedores das tradições, tendo como fio condutor o Carnaval. O público-alvo são os carnavalescos, integrantes de escolas de samba e blocos, educadores, estudantes e pesquisadores de cultura popular, gestores, artistas, produtores e interessados em geral.
Programação

-Sábado – 10 h às 12 h – Refletindo a Marginalização das Tradições Afro-Brasileiras

Alessandra Ribeiro e Antonio Filogênio – A cultura negra é essencial na construção da identidade brasileira. Neste bate-papo, Filogênio e Alessandra refletem sobre os processos de colonização e marginalização pelos quais as tradições afro-brasileiras passaram e passam.

Antonio Filogênio, filósofo, é mestre e doutorando em História, Filosofia e Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba. Formado em Teologia, possui pesquisas relacionadas ao Islã na África e às religiões tradicionais africanas e afro-brasileiras. Integra o Projeto Casa de Batuqueiro, que pesquisa, ensina e coordena apresentações do Batuque de Umbigada. Alessandra é historiadora, com mestrado e doutorado pela PUC Campinas. Além de gestora da Casa de Cultura Afro Fazenda Roseira, é Mestre e Liderança da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, reconhecido pelo IPHAN em 2005 como Patrimônio Cultural Nacional.

-14 h às 16 h – Carnaval: Um Caldeirão Social – Olga Rodrigues von Simson

A história do Carnaval, contada de suas raízes mais remotas à tradição que transformou a cultura popular do Brasil. Olga Rodrigues von Simson é graduada, mestre e doutora em Ciências Sociais pela USP.

-16h30 às 18h30 Na Rua: Meu Bloco, Minha Escola, Minha Cidade

Mediação: Antonio Filogênio,Baby Amorim, João Rafael Cursino e Kaxitu Campos

Espaço de troca de experiências, onde figuras que vivenciam e pesquisam o carnaval apresentam suas visões acerca dos meios de preservação, renovação, manutenção e sustentabilidade dessa tradição, tendo em vista sua relação com a cidade e o povo.

Baby Amorim é produtora cultural e coordenadora de projetos na instituição
Ilú Obá De Min Educação, Cultura e Arte; João Rafael Cursino e doutor em História Social pela USP, especialista no papel da cultura popular na contemporaneidade e Kaxitu Campos foi presidente da UESP – União das Escolas de Samba Paulistanas, durante oito anos.

-20 h – Show: Alaafin de Oyó – 12 anos do Ilú Obá De Min Ilú Obá De Min – Livre

O show do bloco arrasta-multidões, Ilú Obá De Min, revive a trajetória do grupo e todas as suas homenageadas ao longo de seus 12 anos. Criado em São Paulo, Ilú é referência na difusão das tradições afro-brasileiras e na promoção da igualdade. Em 2013, conquistou o Prêmio Governador do Estado para Cultura. Este ano seu cortejo de carnaval atraiu cerca de 30 mil pessoas.

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: insento

Redes Sociais